6 lições que podemos aprender com o isolamento social

De toda dificuldade é possível tirar um aprendizado

Por uma questão de saúde pública, tivemos que recorrer ao isolamento social e manter o mínimo contato com as pessoas. Além de compreender que toda essa mobilização é significativa para o bem da humanidade, também podemos aprender, dia após dia, o que esse período de reclusão forçada pode nos ensinar.

Ficar em casa, conviver por mais tempo do que o habitual com as pessoas próximas, manter rotina de trabalho, cuidar dos filhos, ter disciplina com as tarefas, etc. São inúmeros os fatores que nos fazem repensar algumas atitudes, pensamentos e por que não tirar algum proveito disso tudo?

Diante do atual cenário, destacamos algumas lições que podem nos ajudar a ver com outros olhos a forma como vivemos e nos relacionamos com as pessoas:

Diferenças daqueles que convivem conosco – talvez uma das tarefas mais difíceis é passar tanto tempo com a mesma pessoa e lidar com as diferenças. Mas o que não podemos esquecer é que essa pessoa também passa pela mesma situação ao lidar com as nossas peculiaridades. Procurar entender o lado do outro, sempre resolver no diálogo e respeitar a essência de cada um são alguns dos passos que podem deixar essa convivência mais leve.

A rotina é o que faz as coisas caminharem – quando não estávamos em quarentena a gente sempre cumpria uma rotina. Mas parece que agora essa rotina está tendo um peso ainda maior porque o ambiente é sempre o mesmo. Temos a impressão de que estamos girando em círculo sem sair do lugar. E isso pode acabar causando falta de vontade em fazer as coisas. Por isso é importante manter a disciplina com algumas tarefas para depois não perdermos o foco e ter que começar tudo de novo. Planeje seu dia, organize-se, faça algumas atividades diferenciadas que você não conseguia fazer, mas não perca o foco dos seus principais objetivos.

Cuidar da saúde emocional em meio a tantas notícias – com a pandemia no centro das informações, o dia todo somos bombardeados com notícias sobre número de casos, gráficos da expansão do vírus e opiniões que divergem entre governantes e especialistas da saúde. O excesso de informações pode causar picos de ansiedade constantes e isso pode acabar afetando o nosso emocional. Ficamos preocupados ao extremo, com medo, e com opinião em constante mudança. É importante estar informado para continuar a tomar as precauções necessárias, mas com dosagem. Acompanhar de vez em quando os canais oficias e intercalar com atividades de lazer, como ler um livro que gosta, assistir um vídeo engraçado, ouvir a playlist preferida, brincar com a família, mudar alguns hábitos do trabalho, podem ajudar a manter a mente saudável.

Aproveitar o tempo para se dedicar ao conhecimento – o momento é de pausa. De parar a correria de sempre e tentar aproveitar ao máximo esse tempo que temos agora. E por que não fazê-lo trazendo mais conhecimento para nós mesmos? Estudar, começar a aprender um idioma novo, continuar um projeto, conhecer mais sobre a área que você trabalha com cursos de imersão profissional, etc. Estar em casa não significa que você tem que olhar pro relógio e esperar as horas passarem até o momento de tudo voltar como era antes. Use o período para ampliar os horizontes do seu conhecimento. Mas claro, também descanse quando preciso. Equilíbrio é tudo e vai te ajudar a absorver qualquer conteúdo com mais leveza.

Conhecer a si mesmo – depois da mente e o corpo se acostumarem à correria, pode parecer desconfortável parar e ficar mais tempo consigo mesmo. Afinal, é como se conhecêssemos uma nova pessoa. E isso nos dá a oportunidade de olhar para aquilo que realmente gostamos e o que nos chateia. Medite, reflita sobre você, entenda e respeite suas limitações. Quando conhecemos a nós mesmos, é mais fácil lidar com as adversidades da vida.

Pensamentos positivos – e por fim, a positividade. Com todos os obstáculos que enfrentamos ao longo da vida, é fundamental sermos otimistas e também confiarmos no melhor resultado. Precisamos entender que não temos como mudar alguns acontecimentos externos e que sofrer com isso só vai dificultar o controle do stress e da preocupação. Visualize um cenário positivo no futuro, imagine que você passou ileso pela quarentena e que dali em diante só notícias boas virão no trabalho ou na sua vida pessoal. Fale em voz alta palavras positivas, substitua-as por aquelas negativas e assim você irá condicionar o seu cérebro para tudo o que for bom. Afirme que o melhor está por vir e seja sempre grato quando isso de fato ocorrer. A maneira que você se dirige a você mesmo, e aos outros, interfere no que você realmente acredita e isso acaba refletindo na sua realidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s